Postagens

5 direitos que os Aposentados têm e não sabem!

Imagem
Receber o décimo terceiro salário no fim do ano não é a única vantagem para quem se aposenta pelo INSS. Direito Previdenciário Se você já conseguiu a sua tão esperada aposentadoria, saiba que há diversos outros direitos assegurados para quem recebe esse benefício do INSS. Vou te mostrar os 5 principais direitos para aposentados do INSS. Acompanhe! 1. Continuar trabalhando Muitas vezes por falta de informação, algumas pessoas pensam que não podem retornar ao trabalho em razão de já terem garantido a aposentadoria. Mas não é bem assim que acontece: com exceção do aposentado por invalidez , caso você receba alguma das aposentadorias a seguir, saiba que é um direito seu continuar trabalhando enquanto recebe o benefício. Contudo, embora já seja aposentado, caso volte a exercer alguma atividade remunerada, como empregado, MEI, trabalhador doméstico, por exemplo, você será obrigado a contribuir com a Previdência Social. 2. Receber aposentadoria e pensão por morte em conjunto Mesmo após a Ref

Quando a pensão por morte é vitalícia?

Imagem
Três casos em que a pensão por morte é vitalícia! Direito Previdenciário Ao contrário do que muitos pensam, a pensão por morte não é a aposentadoria da pessoa falecida e também não é paga para sempre a todos, infelizmente. A pensão por morte é a aposentadoria da pessoa falecida? A pensão por morte é um benefício do INSS que você pode receber nos casos em que tiver a perda de um familiar mais próximo. Com isso, quando alguém falece, é muito comum escutarmos que a esposa ou filho, por exemplo, passou a receber a aposentadoria daquela pessoa. Mas não é bem assim que acontece no INSS. Quando o segurado do INSS vem a falecer, não é a aposentadoria que é deixada aos dependentes, mas, sim, outro benefício, a pensão por morte. Quem tem direito à pensão por morte do INSS? A pensão por morte é um benefício destinado aos dependentes do falecido: Marido, mulher, companheiro ou companheira. Filhos menores de idade. Filhos maiores de idade que apresentem incapacidade para o trabalho. Já os pais ou,

Como ficou a Aposentadoria Rural?

Imagem
A reforma não trouxe mudanças significativas para a Aposentadoria por Idade Rural.  Direito Previdenciário Para os trabalhadores rurais que exercem atividades em economia familiar, inclusive o produtor rural, garimpeiro e o pescador, precisam preencher alguns requisitos: Idade: 60 anos, se for homem; 55 anos, se for mulher; Comprovar período de trabalho rural: 180 meses efetivo exercício de atividade rural, ou seja, 15 anos, ainda que de forma descontínua; A comprovação deste período de trabalho rural pode ser feita com os documentos previstos no artigo 106, da Lei 8.213/91. Assim, o trabalhador rural deverá preencher a Declaração de Trabalho Rural e apresentar documentos que provem o exercício da atividade. Se pretender se aposentar como lavrador , os documentos mais comuns utilizados são: Contrato de Arrendamento, Parceria ou Comodato Rural; Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar; Licença de ocupação ou permissão pelo INCRA; Notas Fiscai